irritando passeri

Estou agora num vôo Curitiba–Rio e, algo que sempre me irrita nas viagens, detonou um momento Irritando Fernanda Young.

Me digam com sinceridade quem não sabe que é proibido fumar nas aeronaves INCLUSIVE nos lavatórios? Quem presta atenção na localização das saídas de emergência? Ou então que os cintos de segurança devem permanecer afivelados enquanto os avisos luminosos assim o indicarem? E que os celulares devem ser mantidos desligados durante todo o vôo?

E quem foi que determinou que o comandante tem que fazer contatos da cabine de comando no melhor estilo guia turístico informando que a direita temos a ilha tal e que a esquerda tal cidade? Alem do incômodo, gera nos passageiros, primeira a dúvida de qual é o lado esquerdo e o direito. Depois, as buscas por janelas abertas e livres para identificar algo anunciado e que provavelmente já ficou para trás. É uma comédia. Observem nos próximos voos.

Será que foi a mesma pessoa que obrigou a equipe de comissários a cumprimentar todos, um a um, que entrassem no avião? Isso é quase desumano e pior, poucas pessoas respondem ou até mesmo olham na cara da vitima sorridente.

Agora a melhor de todas. Quem, durante o trajeto entre a aeronave e o saguão do aeroporto produzirá fogo ou faísca? Isso para mim soa como algo do tipo “prezado cliente, caso esteja com alguma bomba no avião queira identificar-se a um dos comissários”.

Antes que seja atacado por defensores da lógica e das boas razões, tenho certeza de que deve existir alguma explicação (mesmo que muito antiga e desatualizada) para cada um desses procedimentos, mas que irrita, ah, irrita.

E agora estamos chegando. Tudo precisa ser desligado. Volto em instantes para finalizar o texto.

Voltei !

Para os mais acostumados, quando o avião aterrissa, uma voz quase mecânica avisa que chegamos no aeroporto de destino e que todos devem permanecer sentados e com os cintos atados até a parada completa da aeronave e que os avisos sejam desligados. Meio óbvio, não? É algo a favor da segurança dos próprios passageiros.

Então, pasmem. [minha cara agora é de raiva] A aeronave em movimento, os avisos de atar cintos  ainda ligados e duas pessoas acabaram de se levantar. Isso é que é para irritar!!! Irritar a pobre tripulação. Eles são obrigados a falar o óbvio e alguns perturbados viajantes não atendem suas solicitações.

Para quem determina os scripts irritantes: Que “máscaras de renovação caiam automaticamente…”

Para os passageiros perturbados: Que “máscaras de educação e vergonha caiam automaticamente…”

3 ideias sobre “irritando passeri

  1. Putz…tem razão até eu que só viajoa à trabalho me irrito com estas cenas torridas…kkk. E mais ainda com a falta de educação do povo.Abs!

  2. kkkkkk ri muito…adorei seus comentários…porém, vc que é um ser humano esclarecido sabe de tudo aquilo que repetimos e é entediante…acredite tem gente que desconhece todas as regrinhas e não respeitam…
    Tudo que é feito dentro de uma aeronave até mesmo antes dos PAX´s chegarem na aeronave é totalmente para Segurança de Vôo.
    Ah! e quanto aos sorrisos para todos que entram é para que vcs se sintam únicos.
    Xi…escrevi demais…acho que vou fazer um blog tb…agora comentando sobre as coisas que irritam os comissários de vôo. rsss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *