tic tac

tictac

 


Passa, tempo
Bem depressa
Não atrasa
Não demora
Que já estou
Muito cansado

Assim como na  música de Vinícius de Moraes, O Relógio, o tempo passa, e bem depressa. E isso deixa a maioria dos profissionais com a sensação de que não conseguem fazer nada, que falta tempo, que as horas não são suficientes. Ainda pior é quando, com esse sentimento, muitos acabam não fazendo nada, perdidos na montanha de itens que precisam ser executados. Gastam mais tempo e energia olhando para o relógio do que realizando suas tarefas.

Se é certo que o tempo passa, que não atrasa e que a maioria está cansada, como fazer tudo que precisa ser feito? Como cumprir agendas? Em resumo, como administrar o tempo?

Entendo que aí ocorre o primeiro e grande equívoco. Não vamos administrar o tempo e sim o que precisamos realizar. Para “fazer caber” precisamos dividir o que é urgente, o que é necessário e o que é queremos fazer. Na primeira categoria, temos o que, se não fizermos agora, ou não adiantará mais, ou trará consequências que não desejamos. Por exemplo, fazer uma prova, pagar uma conta que vence hoje ou solicitar algo que o prazo para tal se expire. Na lista do que é necessário, temos as atividades que precisam ser realizadas hoje, mas podem ser acomodadas ao longo do dia pois não tem, como no caso dos urgentes, limite de horário. Aqui se enquadram estudar um determinado assunto, lavar o carro ou anotar a lista do mercado. Por fim, a parte do que queremos fazer, mas se não fizermos, não haverá problemas. Imagine coisas como assistir a um filme ou terminar um livro. Ainda que seja difícil controlar a ansiedade, se não fizer hoje, pode fazer amanhã, ou depois, ou depois.

E agora entramos na questão sobre como priorizar. Não sabe priorizar? Ora, não dificulte, comece usando a referência acima. Organize as atividades ao longo do dia conforme suas particularidades. O que tem horário específico, o que precisa ser feito no dia, mas sem limitador de horário e o que é bom que seja feito no dia (se couber). E como diz minha esposa, “primeiro as obrigações, depois o lazer” – não altere essa ordem, pois aqui a ordem dos fatores altera sim o produto.

Esteja preparado, vai sobrar tempo! Vai rolar até uma preocupação sobre se você está à toa. Mas calma, isso acontece na hora que você consegue se organizar. Logo, você continua com o planejamento e ocupará o tempo com atividades que agilizarão sua rotina e também que trarão uma maior e melhor qualidade de vida. SIM !!!! Você precisa de um tempo para cuidar de você, para se divertir e relaxar. Esse bem estar permitirá a você seguir com suas responsabilidades com mais tranquilidade – teremos um equilíbrio.

Por fim, contar com a memória agora pode colocar tudo a perder. Ao menos nesse começo, utilize uma agenda para listar suas tarefas.

Você precisa planejar, programar e ter muita disciplina para cumprir e realizar ! Foco e sucesso na execução ! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *